Configurando Internet ADSL no Ubuntu

Configurar internet no Linux para muitos pode ser mais complicado do que realmente é. Na verdade tudo pode ser feito facilmente se utilizando o pacote pppoeconf. Embora este método do qual abordarei seja executado através do terminal Linux, ele pode ser considerado fácil e é totalmente instruído, sendo necessário somente alguns poucos passos para se configurá-lo. Mas fica um adendo, já que lançadas novas versões de distribuições Linux, este tipo de configuração pode ser realizada mais facilmente pelo modo gráfico, entender esta instalação pelo terminal permite que possamos fazê-la em outras distribuições Linux – mesmo que algumas distribuições modifiquem o local de alguns arquivos, as configurações são as mesmas.

O pacote pppoeconf já vem instalado nativamente no Ubuntu, mas se este não for o seu caso, você pode instalá-lo manualmente. Basta utilizar o apt-get no terminal:

# apt-get install pppoeconf

Então vamos configurar a nossa conexão, primeiramente executamos o pppoeconf:

# pppoeconf

pppoeconf
Esta será a primeira tela a ser exibida, o resultado de interfaces listadas aqui dependerá de quantas placas você possui no seu sistema. Também é essencial que elas estejam devidamente conectadas ao seu modem adsl. No meu caso, eu possuo apenas uma placa de rede, e ela é listada como eth0, então ela será a utilizada para fazer a conexão. Nesta tela devemos então simplesmente responder “sim”. O sistema fará a busca pelo modem/roteador adsl que fará o acesso, e se estiverem comunicando devidamente, será concluído com sucesso.

No próximo passo o assistente nós avisará que o arquivo dsl-provider – que é um arquivo de configuração do pppoeconf – será alterado. Recomendo fazer o backup desde arquivo, principalmente se uma configuração adsl tiver sido feita previamente. Chegaremos em opções populares, aqui não entrarei em detalhes, bastando ser escolhida a opção “sim”.

Então o shell exigirá o nosso usuário do provedor:
inserção de usuário
Devemos digitá-lo completo, incluindo informações do domínio do email.
Agora será requerida a senha:

A próxima tela nos indica que devemos adicionar os endereços do servidores DNS do nosso provedor, o caso é que os provedores automaticamente nos conectam a estes servidores, de acordo com as configurações do nosso modem adsl. Porém podemos configurar manualmente estes endereços. Como eles dependem do provedor, colocarei aqui um link com a lista dos principais servidores DNS de provedores do Brasil, através do site abusar.org, que contém várias informações úteis sobre a internet no país.
Servidores DNS
Se deixarmos como “sim” o DNS será inserido automaticamente de acordo com o que o provedor nos enviar. Se este não for o caso, devemos inserir o endereço DNS manualmente no arquivo /etc/resolv.conf com o seguinte formato:

nameserver xx.xx.xx.xx #dns primário
nameserver xx.xx.xx.xx #dns secundário

Onde os “x” são os números correspondentes ao endereço. Os “#” significam comentários, não sendo obrigatório sua inserção.

Agora só nos resta configurar a opção de limitar o tamanho dos pacotes MSS, simplesmente deixe como “sim”.

A configuração está praticamente concluída, restando apenas escolhermos se vamos iniciar a conexão logo ao se iniciar o sistema, e se você deseja se conectar imediatamente. Estas opções ficam ao seu critério.

Pronto! Sua conexão ADSL já está configurada.

Para se conectar basta digitarmos no terminal:

pon dsl-provider

Para encerrar a conexão:

poff
Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: